terça-feira, 6 de outubro de 2009

Começa hoje a 6ª FIQ

Quem é de Belo Horizonte e região (ou está a fim de encarar a viagem) tem a partir de hoje um ótimo programa.

Vai até dia 12 (segunda), a sexta edição daquele que é provavelmente o maior evento nacional voltado aos quadrinhos, o Festival Internacional de Quadrinhos.

A programação é extensa e variada o suficiente para atender todos os gostos: oficinas de desenho, sessões de autógrafos, mostras de quadrinhos, bate-papo com autores, exibição de filmes, lançamentos, homenagens...

Entre os nomes brasileiros confirmados estão Maurício de Sousa, Rafael Grampá, Gabriel Bá, Fábio Moon, Joe Bennet, Ivan Reis, Adão Iturrusgarai, Eddy Barrows, Rafael Albuquerque e muitos outros.

Do exterior vêm o americano Craig Thompson, o australiano Ben Templesmith, o argentino Liniers, o chinês Zhang Bin e criadores da Alemanha, Grécia, Itália e Espanha. A FIQ faz parte do Ano Internacional da França no Brasil e, como não poderia deixar de ser, vai receber um time de artistas daquele país. Entre eles Cizo, Fréderic Felder, Olivier Tallec e Guy Delisle.

Como em edições anteriores, o evento presta homenagem a nomes que contribuíram e continuam contribuindo para o desenvolvimento da nona arte no Brasil. Este ano, os homenageados são a ilustradora Ciça Fitipaldi e o quadrinhista Renato Canini, o brasileiro que deu vida ao Zé Carioca.

Para quem está distante da capital mineira, vale a pena acompanhar o evento pelo site oficial.

2 comentários:

  1. Exato Jota, ainda é.
    Fui lá ontem e assim está escrito no folheto oficial de programação: "O Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), maior evento da América Latina dedicado ao gênero (...)"

    ResponderExcluir