quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Adriana Melo revela trabalho em Jackpot

Três meses após deixar no ar seu novo projeto para este ano, numa entrevista para este blog, a artista brasileira antecipa com exclusividade para o Papo de Quadrinho as primeiras informações sobre Jackpot.

Trata-se de uma minissérie em três edições que estreia em janeiro do ano que vem nos Estados Unidos e que esclarece alguns pontos da origem da heroína.

“Vamos conhecer como ela se tornou a Jackpot, além de rever alguns antigos vilões do Aranha que estavam escondidos numa gaveta por aí e ganham uma nova cara pra minissérie”, revela Adriana.

A artista elogia o trabalho do seu parceiro nessa mini, Marc Guggenheim (The Amazing Spider-Man): “Tenho me divertido MUITO com o texto dele, principalmente com os diálogos. O Aranha aparece em alguns pontos da história, então aqueles bons e velhos comentários sarcásticos do aracnídeo estão ali”.

Para quem não sabe, Jackpot – ou Loteria, como foi traduzida no Brasil – estreou no universo do Homem-Aranha no ano passado, na esteira do famigerado arco Um Novo Dia (no Brasil, em Homem-Aranha 83) e durante algum tempo os criadores alimentaram a suspeita de que ela seria Mary Jane Watson, mulher do aracnídeo até as mudanças promovidas neste arco.

“Estou gostando muito do rumo da história e fica fácil até me identificar com a heroína, já que ela também está na faixa dos 'inta', tem uma filha e tenta lidar com a vida normal em casa com a família e a coisa de cair na noite com roupitcha de couro, socando bandidos (não, eu não me identifico com a segunda parte em particular *rsrsrs)”, brinca Adriana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário