segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

MAD brasileira continua mensal


Com a notícia de que a publicação americana sofrerá mudanças na periodicidade (de mensal para trimestral) a partir de abril, a Panini faz questão de reafirmar que nada muda na edição nacional e enviou a seguinte nota para o Papo de Quadrinho:

A revista MAD, publicada no Brasil pela Panini, está em seu 10º número e teve recentemente uma reformulação editorial. O volume de material nacional satirizando personalidades e eventos brasileiros deixou a revista muito mais próxima do leitor tupiniquim.

Grandes nomes do humor nacional passaram a colaborar com a publicação, a partir da edição número oito. Criadores como Marcio Baraldi, Marcatti, Jorge Barreto, Bira Dantas, Latuff, Raphael Salimena e muitos outros estão participando mensalmente da
MAD brasileira ao lado de colaboradores clássicos da revista, como Flávio, Xalberto e Amorim. As novas contratações da revista contam com o excelente capista Elias Silveira, os desenhistas Davi Calil (Quanta) e Pablo Mayer (A Casa ao Lado) e o respeitado roteirista Gian Danton (Exploradores do Desconhecido).

Sobre a mudança na periodicidade da
MAD norte-americana - que passará a ser trimestral -, a Panini Brasil esclarece que nada muda na edição nacional. Pelo contrário, a revista ficou muito melhor e mais engraçada. Segundo o coordenador da MAD nacional, Raphael Fernandes, há algum tempo o conteúdo original está muito 'americanizado' e a entrada de talentos brasileiros veio em boa hora. “Mas os leitores podem ficar tranquilos que não vai faltar material de mestres, como Aragonés e Al Jaffee, na MAD brasileira”, declara Fernandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário